13 de janeiro de 2022

6 principais problemas na gestão de transporte de cargas e como solucioná-los

A gestão de transporte de cargas é um setor que lida frequentemente com problemas logísticos e administrativos. Essas adversidades vão desde problemas com a falta de segurança nas cargas até mesmo aos gastos causados pelos estragos dos automóveis nas estradas brasileiras. 

 

Porém, esses problemas não estão relacionados somente à entrega de produtos, mas também na relação entre marca e cliente. Diante disso, é de extrema necessidade o cuidado para realizar uma gestão eficiente a fim de ter a menor margem de erros possíveis e garantir a satisfação de seus clientes e dos clientes deles.

 

Pensando nisso, separamos ao longo deste texto os principais problemas que podem acometer a gestão de transporte de cargas e qual a melhor maneira de solucioná-los de maneira eficiente. Aproveite a leitura!

Roubos e perdas no transporte de cargas
Defasagem do frete de cargas 
Gastos com combustível 
Entregas multimodais na transportadora
Tecnologias defasadas 
Estradas em péssimas condições 

Roubos e perdas no transporte de cargas

 

Uma das questões que mais preocupam o gestor de transporte de cargas é o prejuízo gerado pelos roubos, acidentes e pela perda dos materiais transportados. 

Porém, os prejuízos nessas ocasiões vão muito além disso, já que a imagem da transportadora também é afetada como se “não tivesse segurança” em seu processo.

 

Só em 2020, o Brasil registrou mais de 14 mil roubos de carga no total, segundo a Associação Nacional de Transporte de Cargas e Logística (NTC&Logística). E não para por aí, os prejuízos causados por esses furtos somam mais de 1,2 bilhões de reais nas contas das transportadoras

6 principais problemas na gestão de transporte de cargas | Brudam

Porém, embora essa situação seja preocupante, não há razões para esperar o pior e não tomar iniciativas para prevenir-se e evitar essas ocasiões. Ao contrário do que muitos pensam, existem medidas a serem tomadas que podem diminuir muito os índices de furto e perda em sua empresa e ainda dar mais segurança aos condutores da transportadora, como por exemplo:

 

  • Rastreio da carga: essa é uma das formas mais efetivas de reduzir as chances de roubos e perdas. Por meio do rastreamento você pode acompanhar a trajetória da carga e  ainda garante que o cliente que espera pela carga saiba onde ela se encontra em cada momento do processo de entrega, e, assim, melhora a experiência do consumidor. 

 

Por meio do sistema TMS Brudam, é possível rastrear as encomendas em todos os processos em tempo real, (visualizando a localização exata do veículo) além de contar com uma APP para motoristas, em que por meio dele nossos condutores podem receber ocorrências e confirmações, roteirização, tirar fotos dos comprovantes, confirmar a entrega por voz e outras funcionalidades que dão mais segurança ao processo de entrega.

 

CTA

  • Conferência de volumes: se você precisa realizar uma transferência entre suas bases/filiais, o aplicativo de conferência será seu aliado. Com ele é possível conferir os volumes nas entradas e saídas do seu hub.

 

  • Roteirização: com o uso de plataformas de roteirização inteligentes, é possível definir as melhores rotas para seus motoristas e além de garantir mais segurança e qualidade, de quebra ainda consegue mais lucro e ganha uma maior satisfação dos clientes.

O sistema para transportadora da Brudam também conta com integração com a plataforma de roteirização da Rotimiza, a melhor tecnologia da área no Brasil.

 

Leia mais: Rotimiza – Brudam

 

  • Treinamento da equipe de transporte: outra medida preventiva para evitar essas ocorrências é o treinamento de equipe. É de extrema importância ter motoristas treinados para assegurar que as cargas transportadas cheguem ao destino. 

 

Também é necessário que os motoristas saibam como agir em situações de roubo e furto para que não corram risco de vida, para isso, palestras com órgãos de segurança pública podem ser de grande ajuda. 

Defasagem do frete de cargas

 

A administração do frete é outro problema que pode ser corriqueiro nas transportadoras que buscam realizar suas entregas com qualidade e segurança, sem comprometer a qualidade do produto e sem afastar o consumidor com um alto valor.

 

Porém, com a crise econômica que vivenciamos nos últimos anos e que teve como consequência uma grande alta nos valores dos combustíveis, esse problema ficou ainda maior nas mãos dos gestores. 

 

Para poderem se tornar competitivas no mercado, muitas transportadoras utilizam valores abaixo do ideal na fretagem. Segundo a NTC&Logística, a defasagem do valor de frete para transportes rodoviários de cargas no Brasil fechou o primeiro semestre em 2021 em em 18,7%, alta de quase 5 pontos percentuais em relação ao final do ano passado. 

 

Leia mais: Dicas para economizar dinheiro em sua frota 

 

O principal causador desse aumento, segundo a NTC&Logística foi a inflação no aumento dos preços dos combustíveis. 

 

Isso tudo afeta toda a cadeia logística da transportadora, pois a empresa precisa encontrar formas de diminuir os custos de produção para equilibrar o valor perdido no frete.

 

6 principais problemas na gestão de transporte de cargas | Brudam

 

A melhor saída para esse problema, é contar com um programa de gerenciamento de riscos, adotando uma postura proativa para antecipar demandas e criar soluções efetivas durante essa crise. 

 

A gestão das transportadoras também devem estar atenta à outras questões, que passam a observação dos preços praticados pela transportadora, como: 

    • valores e pagamentos das taxas exigidas para as operações sob análise;
    • emissão correta de todos os documentos legais; 
    • alcance das operações no que diz respeito à cobertura da malha viária e a existência de restrições de envio;
    • contratação do seguro de cargas e a adoção de outras medidas relacionadas à segurança no transporte de mercadorias.

 

Por fim, é perceptível o quanto esse problema pode ser difícil de solucionar, porém, lidar com a alta no preço dos combustíveis também é uma das soluções, acompanhe o próximo tópico. 

 

O TMS Brudam conta com integração com diversas gerenciadoras de risco para você acompanhar a localização dos seus veículos em tempo real. Além desta integração, é possível fazer as averbações das suas cargas automaticamente. Saiba mais sobre averbação automática aqui!

Gastos com combustível

Como você já sabe, o consumo de combustível também é um grande problema para as transportadoras. Um levantamento realizado pela fintech Olivia mostra que os gastos com combustível cresceram cerca de 35% em 2021 em terras brasileiras. Sendo assim, é de extrema necessidade encontrar maneiras de economizar nessa área.

 

Para conseguir um bom controle no consumo de combustível é preciso controlar os gastos por km rodado e por veículo, além de adotar medidas que diminuam essas despesas, como:

 

  • Práticas de direção defensiva 
  • Planejamento de rotas (roteirização)
  • Manutenção preventiva 
  • Rede confiável de postos de combustíveis

 

Entregas multimodais na transportadora

Mesmo a maioria das cargas sendo transportadas pelo rodoviário no Brasil, muitas transportadoras podem trabalhar com mais de um tipo de modal. Porém, para isso, muitas questões são levadas em consideração, como:

 

  • Custo
  • Segurança
  • Quantidade de acomodação
  • Rapidez de entrega

 

E para chegar em um processo de entrega que contenha tudo citado acima, é necessário acima de tudo planejamento e organização. Mas, muitas transportadoras ainda podem sofrer com isso pela dependência de múltiplos sistemas para realizar a gestão, o que implica em uma maior quantidade de retrabalho, maiores gastos e outros problemas recorrentes no processo de entrega.

6 principais problemas na gestão de transporte de cargas | Brudam

A maior solução para esse tipo de problema com toda certeza é um sistema TMS construído para o transporte multimodal, assim como o da Brudam, que é feito na medida certa para o transporte rodoaéreo, com um sistema como esse, a agilidade vai ser o adjetivo mais utilizado para descrever sua transportadora, confira alguns dos benefícios de seu uso:

 

  • Agilidade no cálculo automático de frete
  • Facilidade na gestão de despachos aéreos
  • Otimização no processo de entregas por meio de rastreamento
  • Rede de parceiros/transportadores conectados
  • Integrações com sistemas ERP e outros

 

Leia mais: Como o TMS pode melhorar o transporte e logística na sua transportadora

 

Além de tudo isso, você ainda conta com dashboards e relatórios em tempo real para te ajudar ainda mais a tomar decisões rapidamente e garantir a satisfação de seus clientes.

Estradas em péssimas condições

Não é nenhuma novidade que o transporte rodoviário brasileiro sofre muito pela péssima qualidade das estradas, não só pelo estresse causado, mas também pelo impacto que tem no bolso das transportadoras.

 

As más condições das estradas aumentam muito os gastos com manutenção dos automóveis, principalmente na conversação de pneus e no consumo de combustível.

6 principais problemas na gestão de transporte de cargas | Brudam

23ª Pesquisa CNT de Rodovias indica que 59% da extensão avaliada apresenta problemas de pavimento, sinalização e geometria.

Porém, mesmo sendo um grande desafio, existem meios de evitar grande parte desses problemas e ainda garantir a segurança do condutor e da carga. Tudo isso com o uso da tecnologia.

 

Sendo assim, é necessário que as transportadoras trabalhem com inteligência geográfica e um bom planejamento de rotas. Dessa maneira, o condutor ou a gestão já definem antecipadamente a rota mais segura e com melhores condições.

 

Tecnologias defasadas

A automação dos processos logísticos é uma realidade forte neste século como uma tendência inegociável quando o assunto é tempo e dinheiro. Negar o uso da tecnologia nos dias de hoje pode ser um risco tremendo a ser tomado pois as chances de não conseguir acompanhar seus concorrentes são altas. 

 

De maneira mais recente ainda, surgem novos termos dentro da área de logística, que possuem demandas específicas no transporte de cargas, cabendo destacar aqui a experiência do e-commerce e o conceito de same day delivery (entrega no mesmo dia).

 

Leia mais: Tendências do setor de transporte e logística 

 

Por conta disso, é essencial encontrar tecnologias que realmente funcionem para ter sucesso na empresa e contem com funções como planejamento de rotas, rastreamento de mercadorias, cálculo de frete, conferência de volumes, controle de coletas  e muito mais.

 

E a solução com tudo isso e muito mais não poderia ser outra. Se você deseja uma entrega rápida, alta produtividade, lucro, satisfação do cliente e muito mais em sua transportadora, a Brudam é o caminho

CTA

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: