17 de dezembro de 2021

O que um sistema TMS pode fazer pela sua transportadora?

Um sistema TMS tem todas as funcionalidades que você precisa para se tornar referência na área de transporte e logística. Descubra quais são esses benefícios e como um software TMS vai melhorar o desempenho da sua empresa.

As principais dificuldades das transportadoras estão ligadas à logística. Compilar essas informações em um só lugar com integração e eficiência pode ser o que falta para que sua empresa se torne referência no mercado.

Por isso, um sistema TMS se torna indispensável para uma boa gestão do seu negócio de transporte e logística. Além disso, outros problemas também são resolvidos com esse software de gestão, como: atrasos, planejamento e rastreamento.

Muitos administradores ainda não descobriram as oportunidades e melhorias que o TMS traz para uma transportadora. Então, neste texto, compilamos algumas das principais informações sobre. Você vai ver:

Quais são as principais funcionalidades do sistema TMS?
Como escolher um software TMS para sua transportadora?
Que diferenças existem entre as estratégias TMS, ERP e WMS?

Quais são as principais funcionalidades de um sistema TMS?

O Transportation Management System, ou, em português, Sistema de Gerenciamento de Transporte, é um software que gerencia e monitora todo o processo de transporte de um produto até a casa do cliente. 

Dessa forma, nenhuma informação é perdida no meio do caminho e caso ocorram erros (que se tornam quase nulos com um sistema TMS) eles são rapidamente diagnosticados e resolvidos. 

Além disso, um sistema TMS de qualidade ainda dispõe de diversas outras funcionalidades que agregam na hora de organizar finanças, automatizar processos e cuidar da experiência do cliente.

Contudo, um sistema de gestão de transporte não trabalha só com isso. Ele oferece ainda mais opções de trabalho, simplificando muitos processos que hoje podem estar prejudicando a eficiência de sua empresa:

Planejamento diferenciado: um software TMS disponibiliza todas as informações que passam pela sua empresa em um só lugar. Então, na hora de definir estratégias para melhorar o planejamento, você pode sair na frente dos concorrentes.

Operação otimizada: a perda de tempo, o retrabalho e o trabalho manual prejudicam o faturamento de sua empresa. Para resolver isso, o sistema consegue otimizar a dinâmica desse processo.

Custos reduzidos: contar com um sistema TMS torna diversas tarefas, que antes pareciam necessárias, dispensáveis. Com isso, a crescente de lucro também será maior: dois benefícios em um.

Rastreamento constante: saber onde estão as remessas o tempo todo é uma necessidade de quem está nesse ramo. Por isso, na hora de escolher um software de gestão de transporte um sistema que apresente um tracking de qualidade é indispensável. 

O que é um sistema TMS e o que ele pode fazer pela sua empresa? | Brudam

Como escolher um software TMS para sua transportadora?

É fato que um sistema TMS pode transformar sua transportadora. Aliado às funcionalidades, é preciso entender as necessidades do seu negócio. Assim, você soluciona seus principais problemas de uma vez só.

Um fator que muitos consideram na hora de escolher o software é o tamanho da empresa. Muitos gestores de negócios de pequeno porte optam por gerenciar com processos manuais ou planilhas. Contudo, isso é um erro que pode estar lhe custando dinheiro.

Mesmo que sua empresa ainda esteja em fase de crescimento, o Transportation Management System é peça fundamental para impulsionar esse objetivo. Não use planilhas, ou pior, organizações manuais para gerir seu negócio.

Outra questão indispensável é o volume de operações. Entender como estão suas entregas é parte do processo de aquisição de um TMS. Dessa forma, a escolha parte diretamente das suas principais dores.

No que diz respeito ao que está fora da sua empresa, é super positivo pensar em quem está oferecendo esse serviço. Pois o sistema de TMS é uma tendência, então, muitos negócios trabalham com isso, mas muitos deles podem estar sendo   apenas generalistas. 

Então, priorize as seguintes funcionalidades na hora de escolher seu software TMS:

  • Controle total de coletas e entregas: indispensável na hora de transportar algo é controlar bem a entrada e a saída. O sistema TMS de qualidade tem que ter isso por padrão. Inclusive na hora da transferência de unidades. 
  • Arquivos EDI compartilhados: a troca eletrônica de dados (EDI) precisa estar alinhada entre todos os que fazem parte do processo. Então, o compartilhamento de informações também deve ser priorizado;
  • Conferência de volumes: não dá para ficar contando manualmente todos os produtos que entram e saem da sua operação e vão para transporte. Por isso, se torna fundamental uma conferência eletrônica. 
  • Monitoramento em tempo real: o tracking é parte fundamental de um sistema de TMS, pois é  a partir dele que você consegue rastrear e monitorar os dados dos pedidos. Então ele precisa ser responsivo e trabalhar com informações em tempo real.  
  • Controle financeiro: o TMS bem estruturado, além de cuidar de todas as fases da entrega, também auxilia sua transportadora na hora de fazer os fechamentos financeiros. Contas a pagar, receber, fluxo de caixa, integração bancária, relatórios, etc.
  • Experiência do cliente: ter a confiança do consumidor para que ele veja sua empresa como indispensável na hora de transportar é vital. Por isso, busque ter um portal do cliente, onde ele pode monitorar em tempo real todo o processo, cotar fretes e solicitar serviços.
  • Facilidade comercial: ferramentas de  gestão de vendas precisam ser eficientes. Cotações, tabelas de frete, comissões, controle de visita e CRM:  você precisa do controle total dessas informações.
  • Disponibilidade mobile: seus motoristas fazem as atualizações o tempo todo do processo. Dessa forma, você mantém a operação e seus clientes sempre bem informada sobre o bom andamento ou imprevistos das rotas

Lembre-se, na hora de escolher seu sistema, de que ele precisa ter todas essas funcionalidades na sua base. Dessa forma, sua transportadora vai ter um processo mais rápido, controlado e eficiente.

O que é um sistema TMS e o que ele pode fazer pela sua empresa? | Brudam

Que diferenças existem entre os sistemas TMS, ERP e WMS?

Muitos gestores ainda possuem dúvidas sobre esses três tipos de software de gestão. São todos iguais? Existem muitas diferenças? Qual escolher? Vamos esclarecer essas dúvidas agora.

O WMS (Warehouse Management System) é um sistema para controle de armazéns, ou seja, ele não faz o rastreamento dos transportes, apenas organiza a chegada, armazenagem e saída das mercadorias da sua empresa. 

Sua função prioritária é a organização de estoques, depósitos e mercadorias, para que, aí sim, sua empresa possa fazer as entregas. 

Nesse sentido, a principal diferença entre TMS e WMS é que, enquanto o primeiro tende a controlar a logística de transporte, o outro preza pela organização do ambiente interno onde os produtos ficam armazenados.

Então, quando se trata de uma transportadora, a prioridade deve ser um sistema de gestão de transporte e logística, não um de organização de estoque. 

Agora que a maior diferença entre esses sistemas está estabelecida e clara, ainda precisamos entender onde entra o ERP nessa história toda. São vários conceitos, mas vamos nessa, a gente te ajuda a entender.

O Sistema Integrado de Gestão Empresarial (ERP) tem como objetivo facilitar a comunicação entre todos os departamentos da sua empresa, mais do que um sistema, o ERP é um uma estratégia de organização.

A base dele é bastante parecida com as outras duas, no entanto, enquanto o TMS foca em transporte, o WMS em armazenamento, o ERP organiza os setores internos do seu negócio.

Por isso, quando se fala em Transportation Management System se fala tanto nesses outros dois sistemas. Todos são softwares para organização de empresas, contudo, cada um é especializado em um setor específico.

Na hora de escolher um desses para o seu negócio, o ideal é ponderar o que você está procurando. Uma empresa de transporte e logística necessita principalmente de controle sobre as suas entregas.

O cliente final (embarcador)  é muito exigente com prazos depois que realiza suas compras. Pecar nesse sentido acaba manchando o nome do seu negócio e dando margem para que o consumidor não veja você mais como uma prioridade. 

Então, um software TMS é o ideal para gerar uma experiência de compra melhor para seu cliente. Gerar confiança, nesse segmento, é fundamental. 

Contudo, caso você ainda sinta que sua empresa precisa de mais organização, uma solução que gestores optam é a junção de dois sistemas de gestão. O ERP harmoniza bem com outros softwares. 

Então, a combinação entre um TMS, que planeja todas as funções ligadas a transportes, e um ERP, que organiza processos internos, pode oferecer a solução que você tanto busca no seu negócio.


Se você está buscando por soluções ativas que vão maximizar e fazer a diferença na hora de concluir entregas com eficiência e rapidez na sua transportadora. Talvez nós tenhamos o sistema que você está procurando.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: