27 de setembro de 2021

Simulador de pilotagem de veículos pesados

Por que simular?

Bem quando falamos em simulador de algo que fazemos todos os dias, isso pode soar um tanto estranho ou até desnecessário.

Isso não é uma verdade absoluta, sabemos que o quanto mais se faz algo, mais se aprende ou se está preparado para desenvolver está ação.

É exatamente isso que um simulador faz, ele faz com que a pessoa passe tantas vezes por determinadas situações em ambiente simulado que quando se encontre em situação real, esteja automaticamente preparado.

Os simuladores já são muito populares nas academias aéreas e escolas de direção, ainda lembrando temos simuladores de resgate e de combate aplicados ao meio militar.

O simulador de o qual falaremos neste artigo é o simulador de pilotagem para veículos pesados, este vem se difundindo cada vez mais em solo brasileiro.

Hoje pelo menos cinco grande transportadoras já possuem seu próprio simulador, há ainda algumas empresas que contratam um simulador de terceiros para aplicar treinamento a seus motoristas.

O treinamento não consistem apenas em aprender como sair de situações de perigo, mas também auxilia na economia de combustíveis através do programa de troca certa de marchas, entre outros.

Além de treinamento, ele também é amplamente usado em programs de reciclagem de motoristas.

 

Aplicações

Simuladores já são obrigatórios a aspirantes a pilotos de avião há muito tempo, e para novos motoristas há mais ou menos uma década no Brasil.

Na fórmula 1 e Stock car eles já são bem empregados, permitindo ao piloto por exemplo treinar em uma pista por horas, diminuindo o gasto, guardando estratégias  da equipe e privando de alguns estresses.

Na simulação de auto escola, há uma grande utilidade aplicada, pois o futuro novo motorista vai aprender como funciona o sistema de moção do veículo.

Já o simulador particular de veículos pesados traz inúmeras funcionalidades, ele faz uma real aplicação desde partida correta, liberação de freios, painel e etc….

Suas aplicações simulam dimensões, centro de gravidade e torque de potência, além de simular situações de derrapagem e falhas do veículo.

No caso toda a simulação segue à risca controles e situações do trecho e da cidade, tanto para caminhões quanto para ônibus.

Mais do que um vídeo game caro é um “carro” que anda sem sair do lugar, simuladores de auto escolas custam em média R$50K enquanto este chega à casa dos R$1.2M um pouco atrás daqueles utilizados por Ferrari e Mercedes de R$10M que simulam corridas de fórmula 1.

 

Onde encontrar este simulador?

O pioneiro prestador deste serviço no Brazil com um simulador deste calibre é Luciano Burti  ex piloto proprietário da empresa Navig.

A empresa conta com 3 simuladores sendo um para simular veículos de entregas urbanas e os outros dois ajustados a simulação de caminhões e ônibus.

Cada simulador é instalado sobre uma plataforma móvel, desta forma pode ser levado até a empresa contratante.

Os modelos simulados são vários, caminhões, ônibus e veículos de várias marcas mundiais, seguindo de perto suas especificações e ficha técnica.

Mais do que treinar motoristas o curso da Navig os forma, segundo o proprietário da empresa, Luciano, é possível treinar até cinco pessoas ao mesmo tempo, nos cursos práticos e teóricos.

Entre os cursos oferecidos  estão: Economia de combustível, custos de transportadora, anti tombamento, manobra de carreta, direção defensiva.

Cada um deles tem duração média de 1h30 e custo aproximado de R$500 por motorista.

Burti aconselha que o motorista faça um curso por vez, de modo a assimilar seu conteúdo.

 

Após o término de cada curso, o motorista é monitorado durante algumas semanas, em seguida se atingir o resultado desejado ganha um certificado.

 

Fique atento ao nosso blog, para estar sempre por dentro das novidades do mundo dos transportes…

 

 

[/et_pb_text]
[/et_pb_column]
[/et_pb_row]
[/et_pb_section]

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: