Como você mesmo sabe, hoje em dia caminhões elétricos já são realidade no meio logístico.

Mas aqui fica uma perguntinha, você sabia que o primeiro caminhão elétrico transporta cerveja?

Pois é, bem como falamos dos caminhões elétricos da FNM, a AMBEV também conta com os caminhões 100% elétricos da Volkswagen, o E-Delivery.

 

Intensão da VW

A VW escolheu a AMBEV do Brasil para realizar seus testes, a empresa de bebidas tem planos de adquirir 1600 unidades ao final do período de testes.

Já no início do ano de 2021 foram comprados cem unidades do caminhão, como parte do projeto 1600.

A Volks cogita comercializar cada unidade por mais ou menos R$150.000, preço mais alto se comparado ao modelo a diesel.

 

O caminhão

O E-delivery se parece muito com o seu irmão regular, com uma leve diferença no motor que quase não emite ruídos.

Ele possui um sistema que usa a frenagem como forma de produzir e armazenar energia elétrica, aproveitando esta que seria perdida.

Com um motor de 300w algo em torno de 400cv, conseguiu uma autonomia de até 120km na cidade em situação normal de entregas.

O sistema elétrico identifica o exato momento em que o veículo não está se movendo e cessa o motor economizando carga das baterias.

Fênêmê elétrico, outro queridinho da Ambev também faz parte do projeto de reduzir em 25% suas emissões de poluentes, o que quando alcançada a marca, será como retirar 1,5 milhões de carros da rua.

Este projeto vem desde produção mais eficaz, menos emissões nas fábricas e transporte.

A empresa de bebidas assinou contrato de compra de 1000 unidades de veículos elétricos entre caminhões e vans produzidos em parceria com a Agrale.

Estes já vêm com tablet integrado à navegação, sistema de câmeras, anti colisão e preparado para receber sistema autônomo de condução.