Você sabia que o transporte de perecível com gelo seco deve ter isopor e saco plástico?

Antes é bom lembrar o que são os produtos perecíveis, né? Vamos lá!

São aquelas mercadorias que duram pouco. Ou seja, se decompõem muito rápido.

Isso acontece dependendo da temperatura, umidade do ar e pressão atmosférica, que podem ajudar no crescimento de fungos e bactérias.

Só para ilustrar, confere alguns produtos:

Frutas, vegetais, plantas e flores

Ovos, leite e seus derivados

 

 

Carne, frango e frutos do mar e derivados

Medicamentos, exames laboratoriais e materiais biológicos

Existem cuidados especiais para transportar esse tipo de mercadoria?

Sim! Transportar qualquer tipo de produto é muito mais complicado do que você pensa.

Quando se trata de mercadorias sensíveis, é preciso alguns cuidados especiais no processo de logística, como:

  • Controle de temperatura, ventilação e iluminação
  • Utilização de embalagens especiais
  • Sistema de empilhamento e estocagem
  • Manutenção de acordo com a distância do destino
  • Refrigeradores, baú refrigerado ou gelo seco

No caso do transporte de gelo seco – nome popular para o dióxido de carbono sólido, seja como mercadoria ou material refrigerante, deve ser destacado na etiqueta de identificação o peso líquido de cada volume.

Por que o transporte de gelo seco precisa de atenção?

O gelo seco costuma ser utilizado para armazenar produtos perecíveis, sorvete e alimentos congelados, além de itens laboratoriais e medicinais, como amostras de sangue e órgãos.

É fácil de confundir gelo seco com gelo hídrico, o ideal é você sempre utilizar luvas para o manuseio.

Esse produto é considerado uma mercadoria perigosa, em algumas situações pode causar queimaduras de frio e até mesmo asfixia.

Mesmo sendo um item perigoso para transportar, é possível realizar todo o processo com segurança – desde que com cautela.

Para embalar é necessário cobrir o gelo com plástico resistente e impermeável, colocá-lo em uma caixa de isopor e depois em uma caixa de papelão etiquetada, com isso evitando vazamento em qualquer hipótese.

E aí, você sabia disso? Alguma vez transportou gelo seco?

Compartilha com a gente!