Close

Importante Integração via EDI com o arquivo BRD

Uma breve introdução

O que são arquivos EDI?

A sigla EDI significa Electronic Data Interchange ou Intercâmbio Eletrônico de Dados. É um processo para troca de informações entre dois sistemas. Para que isto seja possível, utiliza-se um formato padrão – esses padrões são compostos pelo Padrão PROCEDA, que é composto por cinco tipos de arquivos diferentes, que são os NOTFIS, CONEMB, OCORREN, DOCCOB e PREFAT – de domínio público.

Por exemplo, uma lojinha ou supermercado pode fazer suas compras de abastecimento por EDI. Ou seja, à parte dos métodos convencionais, a Ordem de Compra parte do computador do supermercado, sendo enviada eletronicamente para o computador do parceiro. Esse formato é o mais presente nas operações logísticas de transporte.

O formato padrão utilizado pela Brudam é o OCORREN.

O que são arquivos BRD?

BRD é a troca de informações entre seu computador e de seu cliente que utiliza o sistema BRUDAM.

Você sabia que contamos com a integração entre os sistemas Brudam?

Arquivos .brd podem ser baixados no sistema da sua empresa e importados no sistema de seu cliente. Nos próximos passos você vai entender como seu cliente pode baixar as entregas de forma rápida.

Como proceder na integração do arquivo BRD?

Veja no passo a passo a baixo como utilizar esta funcionalidade:

  • Na tela principal, entre com o atalho 105 – Remessas por ocorrências e preencha o nome do cliente:
  • Adicione a data e clique no botão “Pesquisar”:
  • Ao listar as remessas, selecione as remessas desejadas:
  • Clique no botão “Gerar ocorren BRD”:
  • Na tela, clique no botão “+” (1) serão apresentadas as ocorrências, após clique em “Processar”(2):

  • Você poderá escolher uma das seguintes opções:
    1. Enviar por FTP (se utilizar essa opção, será necessário configurar no ATALHO 015);
    2. Enviar por e-mail.
    3. Baixar arquivo.

    Como proceder com o arquivo no sistema do seu cliente

    Seu cliente recebe o arquivo e vai importar no sistema dele da seguinte forma:

    Entrar no atalho “229 – Importar arquivo de ocorrências Brudam”, onde poderá selecionar o arquivo.

    Em seguida o sistema vai identificar as minutas e disponibilizar campos para selecionar.

    Obs:
    Caso sejam apresentadas minutas em vermelho, são ocorrências que estão fora das regras ou não existem no sistema por algum erro de digitação.

    Obs: Para localizar as minutas o sistema considera os seguintes itens:

    1. O responsável pela entrega na transportadora precisa ser o cnpj do agente que gerou este arquivo;
    2. Nota Fiscal e Série;
    3. Remetente da minuta o mesmo;
    4. Destinatário da minuta o mesmo;

  • Após selecionadas as ocorrências clique em “Processar”.

#FuncionalidadeImportanteBrudam 😉

Qualquer dúvida favor contatar nosso suporte ou plantão em casos de urgência conforme telefones abaixo:

Porto Alegre: (51) 3500-7018.
Curitiba: (41) 3891-0865.
São Paulo: (11) 4858-0865.
Brasilia: (61) 3686-0865.
Salvador: (71) 2886-0835.

Plantão para emergências operacionais: (51) 9.9156-8029.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: